Notícias

Voltar para listagem

Centro de Pesquisa do Hospital São José participa de estudo internacional

Data: 08/12/2017
Centro de Pesquisa do Hospital São José participa de estudo internacional

 

Criciúma - O Centro de Ensino em Pesquisa do HSJosé iniciou suas atividades em 2009 e desde então vem realizando pesquisas clínicas, as quais consistem no acompanhamento e monitoramento de pacientes e suas respectivas doenças, a fim de fornecer subsídios para novas técnicas de tratamento, assim como o desenvolvimento de medicamentos mais eficazes no combate a tais enfermidades.

     O processo de investigação de dados científicos sobre as doenças, busca aprofundar o conhecimento da patologia, a partir de sua evolução e reação aos tratamentos. Dessa forma é possível avaliar tanto sobre novos medicamentos como equipamentos, (a exemplo de um “marcador de diagnóstico), que apresentem melhor eficácia no processo de cura.

    O perfil das pesquisas consiste no desenvolvimento de técnicas de conhecimentos, tecnologias de prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças e reabilitação de doentes. Atualmente estão em seguimento, pesquisas na área de oncologia, nefrologia, medicina intensiva, pneumologia, anestesiologia e cardiologia.

Segundo informações da farmacêutica pesquisadora e coordenadora do Centro de Pesquisa do HSJosé, Dra. Danusa de Castro Damasio, o Centro desenvolve atualmente NOVE protocolos clínicos envolvendo aproximadamente 120 pacientes. O protovolos são desenvolvidos por uma equipe multidisciplinar altamente qualificada a nível de doutorado e Pós-doutorado. Fazem parte da equipe os médicos especializados nas respectivas áreas, assim como enfermeiros e demais equipes técnicas que dão suporte aos procedimentos ambulatoriais e burocráticos dos trabalhos.

     Os protocolos de pesquisas são internacionais, e executados simultaneamente em diferentes países do mundo, sendo publicados tão logo se concluam os estudos realizados.

 

Como participar

 

     De acordo com a responsável pelo centro, a participação do paciente é voluntária, porém condicionada à algumas verificações protocolares.  Após o primeiro contato, que pode ser realizado pelo telefone 3437-1780, é verificado se existe pesquisa em andamento relacionada a patologia do paciente solicitante.

O tempo de estudo/pesquisa varia de dois a quatro anos, conforme o protocolo clínico. O mesmo paciente pode participar de diferentes tipos de estudos desde que tenha os critérios validados em todos.

     Quando se trata de estudos epidemiológicos, a participação consiste apenas no fornecimento de informações. Já em estudos clínicos, recebem novos tratamentos medicamentosos, com a realização de exames ambulatoriais e biológicos.

Os resultados são mensurados à longo prazo, mas os benefícios já podem ser verificados durante o tratamento, isso porque o paciente em determinados protocolos recebe medicamentos sem nenhum custo.

 

Paciente de 55 anos integra estudo de câncer de mama

 

     O estudo em questão é para saber sobre a eficácia de um medicamento, que poderá tratar um tipo de câncer específico o triplo negativo.

J.G.S, 55 anos, descobriu que tinha câncer após realizar alguns exames, a paciente se queixava  de muitas dores nas costas. “Quando recebi o resultado dos exames, fui imediatamente encaminhada para unidade de tratamento oncológico do Hospital São José, e fui atendida por uma das médicas oncologistas da Instituição, Dra Juliana Althoff (CRM 12765/RQE 6239). Ela me informou que o hospital possuía uma Centro de Pesquisas Clínicas e que meu caso poderia se encaixar no estudo. Precisei passar por uma bateria de exames e juntar alguns documentos necessários. Mas quando descobri que poderia participar deste estudo, nossa, foi uma alegria para mim e toda minha família. Foi Deus quem colocou este estudo na nossa vida. Agora foi uma esperança que surgiu para o meu caso”, relata a paciente.

Podemos ressaltar que nem todos os pacientes respondem igualmente a um tratamento. Por isso a importância de pesquisar em diferentes genéticas.

     Neste estudo especificamente, o Hospital São José faz parte de um seleto grupo de 10 centros de pesquisas do Brasil e único em Santa Catarina a participar da pesquisa que esta acontecendo no mundo inteiro. "O Brasil é um dos poucos países em desenvolvimento inserido nesses estudos, pois possui poucos centros, comparando com países desenvolvidos. Nesse sentido, destacamos todos os esforços da direção do Hospital São José, nessa importante missão de incluir a Instituição num programa de pesquisa internacional, até então desenvolvidos nos grandes centros", explica Danusa.

      Desta forma, vencidas todas as etapas burocráticas e exigências complementares que viabilizassem a implantação do Centro, pode-se dizer que o Hospital São José estáalinhado com as melhores práticas mundiais, para o desenvolvimento do contínuo e necessário conhecimento das patologias que afetam a humanidade.

 

 
---
 
Katia Farias
Assessora de Comunicação
(SC2895JP)
(48)34311510