Oitava Captação de múltiplos órgãos aconteceu no HSJosé
foto ilustrativa

Oitava Captação de múltiplos órgãos aconteceu no HSJosé

Criciúma – O HSJosé por intermédio de sua Comissão Hospitalar de Transplantes – CHT, realizou hoje a oitava captação de múltiplos órgãos.

Após um acidente vascular cerebral, a paciente, uma senhora de 71 anos, passou por uma série de exames necessários para que se comprovasse a constatação de morte encefálica.

A CHT, entrou em contato com os familiares que autorizaram a doação de órgãos. 

Foram captados da paciente rins e fígado.

Participaram do procedimento de captação, as enfermeiras Morgana Carboni e Jaqueline Correia Martins, sob o comando do médico responsável pelo processo; da SC transplante, o cirurgião Diogo Tamiozo (CRM-15999/RQE-10196), juntamente com o médico assistente João Cardoso.

 

     Para ser doador não é necessário deixar nada por escrito. O fundamental é conversar com a própria família e informá-los sobre o que você quer. Os familiares devem se comprometer a autorizar a doação por escrito após a morte. A doação de órgãos é um ato pelo qual o doador manifesta a vontade de que, a partir do momento da constatação da morte encefálica, uma ou mais partes do seu corpo (órgãos ou tecidos), em condições de serem aproveitadas para transplante, possam ajudar outras pessoas.

Os órgãos que podem ser captados após confirmação da morte encefálica são: coração, pulmões, rins, pâncreas, fígado, intestinos, ossos, tendões, córneas e pele.

Notícias São José