A Importância da alimentação saudável para prevenir obesidade
foto ilustrativa

A Importância da alimentação saudável para prevenir obesidade

"Para manter ou iniciar uma rotina com hábitos saudáveis é preciso um pouco de esforço”.

 

 Obesidade no Brasil

     O Brasil continua com uma população acima do peso. De acordo com dados do Ministério da Saúde atualizados em setembro de 2017, nos últimos 10 anos, a obesidade no país aumentou de 11,8% para 18,9%. Com este resultado, significa que quase 19% da população brasileira está acima do peso. O número de pessoas com diabetes e hipertensão também cresceu.

Os dados mostram ainda, que um a cada cinco brasileiros está obeso e a obesidade já é considerada um problema de saúde pública. Devido a esta questão o governo divulgou em 2014 um programa para combater doenças crônicas e um projeto para prevenção de obesidade.

     Para conseguir uma melhor qualidade de vida, segundo nutricionistas, é necessário manter uma alimentação adequada, o que muitos brasileiros deixaram de ter há algum tempo. O processo pode ser difícil e já vem sendo muito debatido nos últimos anos, o grande problema segundo os especialistas é iniciar este processo.

 

     Mas como manter hábitos alimentares saudáveis?

 

     Lidiani Bartolomeu Narcizo (CRN3385), é nutricionista do HSJosé, especialista em Fisiologia e Treinamento desportivo e afirma que é possível manter uma alimentação adequada e saudável com produtos saborosos.

A especialista explica que uma alimentação saudável, resumidamente, é “consumir diariamente quantidades recomendadas conforme a Organização Mundial de saúde e literatura RDA (Recommended Dietary Allowance) ou seja, recomendação do consumo alimentar de cada nutriente - carboidratos (CHO), proteínas (PTN), lipídeos (LIP), vitaminas e minerais. Estes nutrientes são encontramos em frutas, verduras, arroz, grupo oleaginosas (como: feijão ou lentilha, carne e ingestão hídrica (água e sucos naturais sem adição de açúcar)”, destaca.

 

     Mas, para manter ou iniciar uma rotina com hábitos saudáveis é preciso um pouco de esforço, afinal de contas consumir comidas gordurosas e rápidas é muito mais prático.

Antes de qualquer situação, é preciso ter consciência sobre a necessidade de se alimentar bem e fugir dos hábitos alimentares errados, para isso Lidiane orienta primeiramente ter um foco, que é ter qualidade de vida e hábitos saudáveis como prevenção de obesidade entre outras patologias culturais. “Deixar de lado aqueles hábitos nada saudáveis como beber refrigerantes, comer balas, doces, chocolates, frituras entre outras refeições e alimentos gordurosos é essencial. Além da quantidade equilibrada de carboidratos, proteínas e lipídios, o organismo precisa também das vitaminas e minerais”, pontua a nutricionista.

     Para iniciar uma dieta saudável, Lidiane orienta sempre que é necessário procurar um profissional. “Além de procurar um profissional nutricionista, é necessário ter comprometimento com as mudanças propostas e naturalmente ir adquirindo qualidade de vida. Uma pessoa especializada, irá acompanhar o paciente e tem conhecimento específico para elaborar um plano alimentar com todas as recomendações diárias de nutrientes. Uma dieta equilibrada também precisa ser fracionada com ingestão hídrica adequada, sucos naturais, frutas e verduras. É preciso evitar alimentos gordurosos, alimentos de fast food, alimentos ricos em açúcar simples, frituras, refrigerantes entre outros. Dietas malucas podem provocar fraqueza, anemia, fadiga no dia a dia ou até mesmo em atividades físicas, bem como deficiências de alguns nutrientes fundamentais ao organismo”, alerta a nutricionista.

     No verão o ideal é fazer lanches rápidos como sanduíche natural, tomar sucos, vitaminas e comer frutas. É importante lembrar sempre, que uma alimentação adequada, aliada a atividade física, caminham juntas para o sucesso de um bom resultado.

A nutricionista afirma, que se as pessoas conseguirem manter estas recomendações, claro sempre com orientação de um profissional especializado; certamente o risco de se tornar uma pessoa obesa, irá diminuir significativamente ou até por completo.

   

Alimentação no Brasil

     Quanto a alimentação dos brasileiros, as pesquisas também apontam dados significativos e que precisam de atenção. As informações mostram que cerca de 34,6% da população do Brasil come em excesso carnes com gordura e 56,9% bebe leite integral, o que resulta em um dos principais fatores para o excesso de peso. Os números ainda assustam, pois apontam que cerca de 29,8% dos brasileiros toma refrigerante cinco vezes por semana e apenas 20,2% consomem a quantidade de cinco porções diárias de frutas e hortaliças, recomendadas pela Organização Mundial de Saúde.

“O importante é tentar mudar a rotina de uma alimentação saudável e ir aos poucos se acostumando, pois a vida pode ser ainda mais longa se cuidarmos dela”, finaliza a nutricionista

 

 Receita da Nutricionista

 

 

  • Suco antioxidante:

1 copo de 300ml de suco de abacaxi;

1 folha couve manteiga;

2 rodelas de pepino;

1 pitada de pimenta-do-reino;

Adicionar tudo no liquidificador e triturar.

 

  • Sorvete natural e saudável:

Colocar em um copo de 180ml de plástico, 150ml de iogurte natural;

Picar frutas conforme gosto e deixar no freezer até ficar quase congelado;

Após o iogurte estiver sólido, adicionar palito de picolé e aguardar até ficar congelado.

Após retirar o copo plástico e saborear o sorvete natural.

Notícias São José