Notícias

Voltar para listagem

Existe idade para procurar um geriatra?

Data: 14/05/2018
Existe idade para procurar um geriatra?

Geriatria é um ramo da medicina que tem como foco a prevenção e o tratamento de doenças associadas ao envelhecimento das pessoas. A geriatria, por meio de seus médicos especialistas e tratamentos adequados, ajuda as pessoas na preservação de sua funcionalidade. De acordo com o médico geriatra do Hospital São José doutor Valdemar Lichtenfels (CRM 3304/RQE3591), as pessoas deveriam entender a área da geriatria também como prevenção. “As pessoas deveriam procurar um geriatra, assim que param de crescer. A geriatria tem o foco no futuro. O ideal seria cuidarmos de nossa saúde hoje para estarmos bem amanhã, pois este processo de cuidado ajuda o ser humano a ter um envelhecimento de uma maneira melhor”, enfatiza.

     A geriatria atua em vários fatores da vida, auxilia as pessoas no tratamento de doenças, como hipertensão, dislipidemia além de outros fatores que auxiliam as pessoas a terem um envelhecimento bem-sucedido, ajudando no processo de limitações com alguns problemas que podem ser evitados.

 

Mais tempo de vida

     Atualmente a expectativa de vida dos brasileiros já ultrapassa os 70 anos de idade. De acordo com dados do IBGE, entre 2015 a 2016, a expectativa de vida do brasileiro passou de 75,5 para 75,8 anos; este número segundo os estudiosos representa um acréscimo de três meses e onze dias na vida da população. Os dados também apontam que entre os estados brasileiros, Santa Catarina é o que apresenta a maior esperança de vida (79,1 anos).

De acordo com o doutor Lichtenfels, para continuar com estes índices as pessoas precisam manter hábitos saudáveis, como uma alimentação adequada, praticar exercícios físicos, fugir dos vícios, conservar a espiritualidade em dia, gostar de viver e ter amigos; fatores estes que segundo o especialista também contribuem significativamente para uma melhor expectativa de vida e mais longa.

     Pesquisadores do IBG apontam também, que com o avanço da medicina às políticas de saúde pública, o país passou por uma mudança em seu perfil demográfico, primeiramente com a queda nas taxas de mortalidade. Algum tempo depois a conscientização das pessoas quanto à importância nas campanhas de vacinação em massa, realização de pré-natal, incentivo ao aleitamento materno, contratação de agentes comunitários de saúde e programas de nutrição infantil contribuíram para o aumento da expectativa de vida do brasileiro ao longo dos anos.

 

Outro fato interessante quando a longevidade apontada pelo geriatra, é que mulheres tem uma preocupação maior quanto ao envelhecimento. “As mulheres procuram mais saber sobre a saúde, vão ao médico com mais frequência para saber se algo está errado, realizam mais exames, por isso, a prevenção por parte das mulheres é maior”, destaca.

 

Cuidado com modismos

     O médico geriatra do Hospital São José Valdemar Lichtenfels também aponta sobre a ingestão de medicamentos e modismo. Ressalta sobre a importância de sempre procurar o especialista antes de consumir algum tipo de vitamina ou medicamento indicado por amigos. “É importante começar a se preocupar com o envelhecimento, buscando sempre orientação médica e mantendo uma qualidade de vida. Um envelhecimento bem sucedido pode ajudar a evitar limitações e prolongar a vida com saúde”, finaliza.