Escola de Saúde São José

A escola

A Escola de Saúde São José, está localizada na cidade de Criciúma, anexa ao Hospital São José, situada à Rua Coronel Pedro Benedet, 630, em Criciúma, no Estado de Santa Catarina. É mantida, pela ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL SANTO AGOSTINHO, entidade de fins filantrópicos e de utilidade pública, com sede em Porto Alegre, Avenida Protásio Alves, 2493, no Estado do Rio Grande do Sul. A Escola tem por finalidade a formação de Técnicos em Enfermagem e prepara, em curso intensivo, seus alunos em todas as atividades da área da saúde e está vinculada ao Sistema Estadual de Ensino e regulamentada na categoria dos Estabelecimentos Especiais de Ensino Isolado, pelo decreto NSE – 64/1427. O funcionamento do curso foi autorizado pelo Parecer CEDP n° 164, de 24 de agosto de 2004, vinculado ao Parecer Autorizativo nº313/CEE/SC em 09/10/2001, decreto n° 3.311 de 01/11/2001 do DOESC n° 16.779 de 05/11/2001. A Escola de Saúde São José, anteriormente denominada Escola Auxiliar de Enfermagem teve sua aula inaugural em 15 de abril de 1971, contando com a presença de várias autoridades. Precedido pelo culto a Deus e aberto o Prédio da Escola pelo corte da fita simbólica feita pela Exma. Senhora Araceli Sartori, DD. Esposa do mais antigo médico deste hospital, Exmo. Senhor Dr. Olavo de Assis Sartori, inicia-se no auditório, a sessão solene. O ilustre orador, Pe. Eugênio Rohr, S.J. DD. Presidente da Comissão de Ensino Médio do Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina e Presidente do Sindicato das Escolas Particulares de Santa Catarina – SINEPE/SC – pronuncia a aula inaugural da E.A.E.S.É. A escola funcionou neste regime até 1977, segundo a Portaria 106/65. Para satisfazer as exigências da Resolução Nº 77 do extinto Conselho Federal de Educação, em 28 de março de 1978 encaminhou-se à Secretaria de Educação o processo solicitando reestruturação do curso – função “Qualificação Profissional” de nível de segundo Grau, sem direito a prosseguimento de estudos a nível superior. O processo em alusão sofreu os trâmites e aprovado, deu origem ao Parecer nº 227/79 que autorizou o funcionamento do Curso em referência:
Autorização: Parecer 227/79/CEE/SC; Portaria E 063/80/SEE/SC de 20/02/80.
Reconhecimento: nº 201/84/CEE/SC de 14/08/84.
Portaria: nº 0176/84/SEE de 26/11/84.

Filosofia

Criar uma comunidade educativa, fiel aos valores humanos e cristãos que auxilie o educando no seu desenvolvimento como pessoa humana, conduzindo-o a dar resposta aos apelos do meio social, servindo-se para isso, de uma educação baseada nos princípios educacionais cristãos, na visão integral de pessoa inserida na comunidade humana, na verdade, em sua dimensão ética, cultural, social, política e religiosa.

Ideal

Escola formadora de profissionais habilitados e comprometidos com a qualidade de vida e o bem-estar das pessoas, integrada ao hospital, observa e preserva os princípios técnico-científicos e éticos na aplicação dos procedimentos de Enfermagem, bem como na forma de gerir a amplitude das atividades da área da Saúde, primando pela formação integral do homem.