Notícias

Voltar para listagem

E o seu coração como está? Cuidado com este diamante raro!

Data: 27/11/2017
E o seu coração como está? Cuidado com este diamante raro!

      Os números de mortes causadas por problemas cardíacos no mundo assustam. O fato é que o coração precisa de muita atenção e a “visita” ao médico cardiologista deveria acontecer regularmente. Mas na prática não é isso que acontece. Estudos apontam que 80% dos problemas cardíacos poderiam ser evitados se as pessoas adotassem medidas simples e hábitos saudáveis.

Os dados de problemas no coração são tão alarmantes, que a cada 40 segundos uma pessoa morre por este tipo de problema no Brasil. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a média anual no país, é que todos os anos morrem cerca de 350 mil pessoas. Adotar medidas preventivas segundo os especialistas são a melhor forma de evitar este tipo de problema.

 

Quer saber mais sobre quais medidas e hábitos adotar? Vamos falar sobre isso nas próximas linhas!

 

 A saúde nos move e precisamos mantê-la em dia

 

      “A prevenção de doenças do coração deve começar muito cedo, com a adoção de hábitos saudáveis, alimentação adequada, rica em frutas, verduras e grãos; prática regular de atividade física, abandono de maus hábitos - como fumar, uso abusivo de bebidas alcoólicas, do sal e do açúcar, e, claro, ter entendimento de que a visita ao médico regularmente é fundamental”, aponta o médico cardiologista do Hospital São José doutor Fábio Coelho (CRM 13141/RQE 80169).

 Quando jovem todas as pessoas precisam compreender que as atitudes e hábitos exercidos durante a vida, poderão trazer consequência a saúde no futuro. Desta forma, é importante adotar um estilo de vida saudável equilibrado, evitando alimentos e hábitos que não beneficiam o coração. O doutor Fábio reforça que devemos procurar um cardiologista quando alguns sintomas como dor no peito ou falta de ar aparecerem com frequência.

 “Antes dos quarenta anos, e quando se tem familiares com doença cardíaca precoce (homens com menos de 55 anos e mulheres com menos de 65 anos) ou após essa idade, é muito importante ir ao cardiologista anualmente, para checkup, realizar exames, com medidas da pressão arterial, glicemia (açúcar), perfil lipídico (gordura no sangue) entre outros exames”, aponta o cardiologista.

 

Principais sintomas

      Os sintomas causados por doenças cardíacas são muito variados, podendo ser inespecíficos, como mal-estar, fadiga, falta de ar, tonturas ou desmaio e até mesmo o sintoma mais típico: dor no peito. Durante toda vida é necessário manter os cuidados necessários, além da ida regular ao médico. Mas entre os 40 e 50 anos. É o momento de começar a vigiar o peso com mais cautela e controlar os níveis de açúcar no sangue. Importante também dar mais atenção aos exercícios físicos e ficar atento aos sinais do corpo como a apneia do sono. Para aproveitar a vida com mais tranquilidade, após os 50 anos,é necessário controlar os níveis de colesterol e pressão. Nesta fase a alimentação saudável deve ser prioridade e os hábitos ruins, como o cigarro, precisam ser abandonados totalmente.

 

Algumas dicas para manter a qualidade de vida e garantir a saúde do coração

 

·         Pratique atividade física no mínimo 3x por semana -  duração mínima de 20 minutos cada;

·         Diminua o sal de sua dieta (2 gramas de sódio/dia);

·         Abandono do tabagismo;

·         Restrição do consumo de bebida alcóolica;

·         Controle de doenças como hipertensão, diabetes, obesidade e dislipidemia;

·         Busca de uma vida feliz – Pessoas tristes adoecem mais do coração.