Notícias

Voltar para listagem

Ações de conscientização ao câncer de mama devem marcar mês de outubro no HSJosé

Data: 28/09/2017
Ações de conscientização ao câncer de mama devem marcar mês de outubro no HSJosé

 

Criciúma - Outubro inicia e o mês já é marcado pela cor Rosa.

O movimento popular internacionalmente conhecido pela luta contra o câncer de mama tem o laço Rosa como símbolo de prevenção. A ação Outubro Rosa, teve início nos Estados Unidos em 1990. Desde então, o movimento tornou-se tão forte que hoje, no mundo inteiro a campanha continua com força total.

      Para marcar esta data e apoiar a causa, o HSJosé também está engajado nesta luta; por isso elaborou uma campanha de conscientização que irá acontecer em diversos dias do mês de outubro.

“As atividades desenvolvidas pela equipe multiprofissional do hospital, vão desde palestras de conscientização a roda de dança e canto. Nosso objetivo com as ações, é mostrar para população, colaboradoras e comunidade em geral, sobre a importância da prevenção e os cuidados com o câncer de mama, além de alertá-las sobre o diagnóstico precoce”, ressalta Luana Roecker, enfermeira e uma das organizadoras do evento.

Do dia dois ao dia 23 de outubro, diversos setores do hospital receberão especialistas no assunto para proferir palestras. Momentos de lazer e descontração também acontecerão nos setores. As atividades serão realizadas para colaboradores, pacientes e comunidade local que tenha interesse em participar das ações.

 

      Hoje no Brasil somente em 2017, surgiram mais de 57 mil novos casos de câncer de mama e o Sul no País é uma das regiões com maior incidência, cerca de 10.970 novos casos foram registrados.

Santa Catarina tem uma taxa bastante elevada, somando 62,06 casos para cada 1000 habitantes. O HSJosé registrou somente em 2016, 35 novos casos de câncer de mama.

Especialistas afirmam que fazer consultas e exames regularmente contribuem para um diagnóstico precoce.

Dados do Instituto Nacional do Câncer – INCA, mostram, que praticar atividade física regularmente e ter uma alimentação adequada pode reduzir em até 28% o risco da mulher, em desenvolver câncer de mama.

O controle de peso, evitar a obesidade, bem como o consumo de bebidas alcoólicas, também são recomendações essenciais para prevenção do câncer de mama.

Acho importante salientar a realização da mamografia à partir dos 40 anos para a população de baixo risco. Pacientes que tiveram familiares de primeiro grau com câncer de mama devem consultar o mastologista para saber quando iniciar o rastreamento. É importante que as pessoas saibam também, que o câncer de mama diagnosticado em estágios iniciais tem possibilidade de cura em mais de 90%”, ressalta a médica mastologista do HSJosé Dra. Beatriz Althoff (CRM 11419/RQE 7758).

 

Confira o calendário de atividades que serão desenvolvidas na Instituição durante todo mês de Outubro.

 

Fotos da notícia